Quem Sou Eu???

Quem Sou Eu???
Uma Eterna Aprendiz...

Total de visualizações de página

Volta ao mundo... Estamos aqui!!!

Recent Visitors

Seguidores

Arquivo do blog

Postagens populares

11 de novembro de 2010

Festival de Cinema 4 + 1

Festival de  Cinema  4 + 1

11 a 14 de novembro de 2010

A Cinemateca Brasileira recebe, entre os dias 11 e 14 de novembro, a primeira edição do FESTIVAL DE CINEMA 4+1. Criado e promovido pela FUNDACIÓN MAPFRE (Madri), o festival dedica-se a exibir produções recentes, não comerciais, realizadas nos mais diversos países – filmes de autor que, embora apresentados ou premiados nos mais prestigiosos festivais internacionais, encontram pouco espaço no circuito de salas de cinema. Reunindo títulos apresentados em Berlim, Cannes, Veneza, Toronto e Sundance, alguns dos mais importantes eventos do cinema mundial, o FESTIVAL DE CINEMA 4+1 oferece ao público a chance de conferir em primeira mão o trabalho de novos diretores como Raya Martin, Gael García Bernal, Alejandro Fernández Almendras e So-yong Kim, revelados em festivais recentes, além dos mais novos trabalhos de nomes consagrados como Agnès Varda, Wim Wenders, Alain Cavalier e Rithy Panh.
A fim de ampliar a experiência de difusão cinematográfica, o FESTIVAL DE CINEMA 4+1 aposta num novo formato de apresentação e acontece simultaneamente em cinco cidades – Bogotá, Buenos Aires, Cidade do México, Madri e São Paulo. Em cada local, é realizado em instituições culturais reconhecidas por sua trajetória de promoção de filmes e cinematografias pouco conhecidas do grande público. Em Bogotá, será apresentado na Cinemateca Distrital e no Cine Colombia; em Madri, no Cinema Palafox; na Cidade do México, na Cineteca Nacional e, em São Paulo, na Cinemateca Brasileira. Sede da primeira edição, a cidade de Buenos Aires acolhe o festival no MALBA – Fundación Costantini – Museo de Arte Latinoamericano de Buenos Aires. Quanto à programação, o festival conta com uma Seção Competitiva formada por 12 filmes que concorrem ao Prêmio do Público de Melhor Filme, dotado com €20.000. O prêmio será concedido por meio de votação direta dos espectadores.
O festival conta ainda com uma Seção Especial, dedicada a celebrar uma personalidade de destaque na história do cinema. Ganhador da Palma de Ouro no Festival de Cannes de 2010, o cineasta tailandês Apichatpong Weerasethakul é o homenageado desta primeira edição do FESTIVAL DE CINEMA 4+1. O convidado de honra comparece à sede oficial do evento – este ano, Buenos Aires –, onde será exibido seu filme mais recente: Tio Boonmee, que pode recordar suas vidas passadas. Nas demais cidades em que o festival será realizado, inclusive em São Paulo, dois filmes importantes do homenageado integram a programação: Síndromes e um século e Mal dos trópicos. Também fora de competição será exibido o argentino Castro, de Alejo Moguillansky, comédia baseada em romance de Samuel Beckett.
A programação do FESTIVAL DE CINEMA 4+1 inclui também filmes bastante aguardados e ainda inéditos, como Uma Barragem contra o Pacífico, adaptação do romance de Marguerite Duras estrelada por Isabelle Huppert e dirigida por Rithy Panh, maior nome do cinema cambojano; Independencia, de Raya Martin, cineasta revelação do novo cinema filipino; Irène, mais recente documentário do francês Alain Cavalier; Jogos do Leste, de Kamen Kalev, filme búlgaro de destaque no Festival de Cannes de 2009; Le Père de mes enfants, de Mia Hansen-Løve, um olhar irônico sobre os bastidores da produção cinematográfica na França; Sweetgrass, de Ilisa Barbash e Lucien Castaing-Taylor, documentário sobre os últimos vaqueiros da América; e As Praias de Agnès, mais novo trabalho da veterana Agnès Varda, que realiza aqui sua autobiografia audiovisual. Merece destaque, ainda, o longa-metragem coletivo 8, dividido em oito segmentos curtos dirigidos por nomes bastante conhecidos do público, como Gus Van Sant, Gaspar Noé, Jane Campion, Gael García Bernal, Mira Nair e Wim Wenders. O filme melhor avaliado por meio do voto direto, pelo público de todas as capitais, ganha uma nova exibição no encerramento do evento. Confira mais informações no site:

Programação não indicada para menores de 16 anos

CINEMATECA BRASILEIRA
Largo Senador Raul Cardoso, 207
próximo ao Metrô Vila Mariana
Outras informações: (11) 3512-6111 
 (11) 3512-6111 (ramal 215)
Taxa de manutenção: R$ 8,00 (inteira) / R$ 4,00 (meia-entrada)
Atenção: estudantes do Ensino Fundamental e Médio de escolas públicas têm direito à entrada gratuita mediante a apresentação da carteirinha.

PROGRAMAÇÃO
11.11
QUINTA
SALA CINEMATECA BNDES
16h SALAMANDRA
18h JOGOS DO LESTE
20h SÍNDROMES E UM SÉCULO (ABERTURA PARA CONVIDADOS)
12.11
SEXTA
SALA CINEMATECA BNDES
13h30 INDEPENDENCIA
15h SWEETGRASS
17h IRÈNE
19h MONTANHA DE ABANDONO
21h UMA BARRAGEM CONTRA O PACÍFICO
13.11
SÁBADO
SALA CINEMATECA BNDES
13h HUACHO
15h O REI DA FUGA
17h 8
19h AS PRAIAS DE AGNÈS
21h LE PÈRE DE MES ENFANTS
14.11
DOMINGO
SALA CINEMATECA BNDES
14h SÍNDROMES E UM SÉCULO (fora de competição)
16h MAL DOS TRÓPICOS (fora de competição)
18h CASTRO (fora de competição)
20h FILME ELEITO PELO VOTO DO PÚBLICO
FICHAS TÉCNICAS E SINOPSES
8, de Abderrahmane Sissako, Gael García Bernal, Gaspar Noé, Mira Nair, Jane Campion, Gus Van Sant, Jan Kouen e Wim Wenders
França, 2008, 35mm, cor, 100’
Legendas em português
Exibição em Beta digital
Nigist Anteneh, Ingvar Eggert Sigurðsson, Dieudonne Ilboudo, Konkona Sen Sharma
Em setembro de 2000, autoridades de todo o mundo reuniram-se na ONU para traçar um plano de erradicação da pobreza mundial até 2015. Na ocasião, criaram um documento contendo as Metas de Desenvolvimento do Milênio. Estimulados pelo episódio, oito cineastas aceitaram o desafio de rodar um curta-metragem baseado num dos pontos do documento.
sáb 13 17h
Uma Barragem contra o Pacífico (Un Barrage contre le Pacifique), de Rithy Panh
França/Camboja/Bélgica, 2008, 35mm, cor, 115’
Legendas em português
Exibição em Beta digital
Isabelle Huppert, Gaspard Ulliel, Astrid Bergès-Frisbey, Randal Douc
Célebre pelos documentários que rodou sobre a história de seu país e a atuação genocida do Khmer Vermelho, Rithy Panh, cambojano radicado na França, realiza seu primeiro filme de ficção valendo-se de recursos narrativos mais convencionais. Baseado em romance da escritora Marguerite Duras, o filme se passa nos anos 1930, durante a colonização francesa no Camboja. Isabelle Huppert, uma das maiores atrizes do cinema, interpreta uma matriarca francesa que tem de lidar com conflito de terras e corrupção moral no país.
sex 12 21h
Castro, de Alejo Moguillansky
Argentina, 2009, 35mm, cor, 85’
Legendas em português
Exibição em Beta digital
Edgardo Castro, Julia Martínez Rubio, Alberto Suárez, Carla Crespo
Homem abandona a mulher e decide viver numa pequena cidade, escondido num quarto. Lá, conhece uma bela jovem que se torna sua amante. Os dois passam a viver juntos, sem trabalho e sem dinheiro. Furiosa, a ex-mulher contrata uma curiosa trupe de “detetives” para encontrá-lo. Insólita comédia baseada no romance Murphy, de Samuel Beckett. Prêmio FIPRESCI de Melhor filme no IndieLisboa de 2010.
dom 14 18h
Huacho, de Alejandro Fernández Almendras
Chile/França/Alemanha, 2009, 35mm, cor, 90’
Legendas em português
Exibição em Beta digital
Clemira Aguayo, Alejandra Yánez, Cornelio Villagrán, Manuel Hernández
Sob a influência do cinema de Gus Vant Sant, o filme entrelaça várias histórias ao acompanhar o cotidiano de quatro membros de uma família que vive numa granja decadente, situada em região rural do Chile. Primeiro longa-metragem do jovem diretor chileno revelado com o curta Lo que trae la lluvia.
sáb 13 13h
Independencia, de Raya Martin
Filipinas/França/Alemanha/Holanda, 2009, 35mm, cor, 77’
Legendas em português
Exibição em Beta digital
Sid Lucero, Tetchie Agbayani, Alessandra de Rossi, Mika Aguilos
Revelação do novo cinema filipino, Raya Martin apropria-se das formas narrativas do cinema clássico americano para compor a segunda parte de sua trilogia dedicada à história da colonização no país e à relação entre invasores e indígenas. Independencia foi exibido na seção Un certain regard, no Festival de Cannes de 2009.
sex 12 13h30
Irène, de Alain Cavalier
França, 2009, vídeo digital, cor, 85’
Legendas em português
Exibição em Beta digital
Diário autobiográfico e confessional feito pelo cineasta a partir do impacto da morte de sua esposa – memórias, objetos e um velho diário constroem um fascinante quebra-cabeça. Último filme de Alain Cavalier.
sex 12 17h
Jogos do Leste (Eastern plays), de Kamen Kalev
Bulgária/Suíça, 2009, 35mm, cor, 83’
Legendas em português
Exibição em Beta digital
Christo Christov, Ovanes Torosian, Saadet Isil Aksoy, Nikolina Yancheva
Sem perspectivas, dois irmãos vivem na cinzenta cidade de Sofia. Sozinhos e alienados, um deles é skinhead; o outro é artista e viciado em metadona. Aclamado filme búlgaro exibido no Festival de Cannes de 2009.
qui 11 18h00
Mal dos Trópicos (Sud pralad), de Apichatpong Weerasethakul
Tailândia/França/Alemanha/Itália, 2004, 35mm, cor, 118’
Banlop Lomnoi, Sakda Kaewbuadee, Huai Dessom, Sirivech Jareonchon
Dois jovens – um soldado e um camponês – vivem tranquilamente, matando o tempo nos jogos de futebol e nas agradáveis reuniões familiares. Sua rotina altera-se a partir do momento em que as vacas da região onde moram começam a ser decapitadas por um animal selvagem. Misteriosamente, o jovem camponês desaparece. Disposto a encontrar o amigo, o soldado parte em direção a uma fascinante viagem pelo coração da selva tailandesa. Inspirado numa lenda popular, Mal dos Trópicos recebeu o Prêmio do Júri no Festival de Cannes de 2004.
dom 14 16h
Montanha de abandono (Treeless mountain), de So-yong Kim
Coreia do Sul/EUA, 2008, 35mm, cor, 89’
Legendas em português
Exibição em Beta digital
Hee Yeon Kim, Song Hee Kim, Soo Ah Lee, Mi Hyang Kim
Duas crianças são obrigadas a passar por um duro aprendizado – cuidar de si mesmas quando sua mãe decide sair em busca do pai que as abandonou. Morando em Seul, as meninas são levadas para a casa de uma tia, dona de uma fazenda no interior. Valendo-se do notável trabalho de interpretação das duas crianças e de uma câmera intimista que segue de perto seus gestos, Montanha de abandono escapa ao sentimentalismo comum a filmes com essa temática. Prêmio do Júri Ecumênico no Festival de Cinema de Berlim de 2009.
sex 12 19h
Le Père de mes enfants, de Mia Hansen-Løve
França/Alemanha, 2009, 35mm, cor 110’
Legendas em português
Exibição em Beta digital
Louis-Do de Lencquesaing, Chiara Casselli, Alice de Lencquesaing, Igor Hansen-Løve
Um olhar irônico sobre os bastidores da produção cinematográfica na França. Inspirado na trajetória do produtor Humbert Balsam, o filme capta os últimos dias da asfixiante vida de um pai de família que tenta levar adiante sua produtora e lidar com os problemas domésticos. Prêmio Especial do Júri na seção Un certain regard, no Festival de Cannes de 2009.
sáb 13 21h
As Praias de Agnès (Les Plages d’Agnès), de Agnès Varda
França, 2008, 35mm, cor, 110’
Legendas em português
Exibição em Beta digital
Autobiografia documental de uma das mais importantes realizadoras do cinema moderno. “Se você abrir uma pessoa, irá achar paisagens. Se me abrir, irá achar praias” diz Varda na abertura do filme. A partir de cenários litorâneos, a cineasta revisita seu passado, da infância aos dias de hoje, passando por sua experiência como fotógrafa, pelo casamento com o diretor Jacques Demy, o feminismo, as viagens, a família e os filmes. Reunindo entrevistas, fotografias, reportagens e trechos de suas obras, Varda nos conduz por um passeio afetivo por seu universo ficcional.
sáb 13 19h
O Rei da fuga (Le Roi de l’évasion), de Alain Guiraudie
França, 2009, 35mm, cor, 97’
Legendas em português
Exibição em Beta digital
Ludovic Berthillot, Hafsia Herzi, Pierre Laur, Luc Palun
Homem trabalha como vendedor de uma loja de produtos agrícolas. A chegada dos anos agrava sua crise com a vida solitária de homossexual solteiro. Quando conhece uma adolescente cativante, decide dar chance à heterossexualidade. Mas o casal atrai olhares reprovadores e começa a ser perseguido. Amedrontados, os dois fogem para o interior do país. Segundo o crítico espanhol Alejandro G. Calvo, “entre Benny Hill, os irmãos Marx e o primeiro John Waters se ergue este anti-Brokeback Mountain lisérgico e libertador”.
sáb 13 15h
Salamandra, de Pablo Agüero
Alemanha/Argentina/França, 2008, 35mm, cor, 91’
Legendas em português
Exibição em Beta digital
Joaquin Aguila, Dolores Fonzi, John Cale, Daniel Fanego
Mulher de 30 anos é libertada da prisão após a derrocada do governo militar argentino. Ela sai em busca de seu filho, uma criança de seis anos, que ainda não a conhece. Disposta a aproximar-se dele, muda-se para a Patagônia e tenta levar uma vida normal em meio a uma comunidade formada por uma série de renegados que vivem em eterna festa.
qui 11 16h
Síndromes e um século (Sang sattawat), de Apichatpong Weerasethakul
Tailândia/Áustria/França, 2006, 35mm, cor, 105’
Legendas em português
Exibição em Beta digital
Arkanae Cherkam, Jaruchai Iamaram, Sakda Kaewbuadee, Nu Nimsomboon
Construído a partir de memórias de infância do cineasta e a partir da história do romance entre seus pais, o filme divide-se em duas partes – a primeira delas se passa num hospital rural, onde uma doutora e um médico trabalham juntos; a segunda, num moderno hospital em Bangcoc, onde ambos também são personagens. Duas narrativas especulares, uma ambientada no passado, outra no presente.
qui 11 20h
dom 14 14h
Sweetgrass, de Ilisa Barbash e Lucien Castaing-Taylor
França/EUA/Reino Unido, 2009, 35mm, cor, 101’
Legendas em português
Exibição em Beta digital
Dirigido por dois professores da Universidade de Harvard, o documentário trata de uma personagem mítica da cultura do Oeste americano, o vaqueiro. Aventura, etnografia e lirismo reúnem-se nessa bela evocação sobre os últimos vaqueiros da América – suas perigosas viagens, a condução dos rebanhos emoldurada pela paisagem primitiva das montanhas e da vegetação americana.
sex 12 15h
voltar Cinemateca Brasileira
Largo Senador Raul Cardoso, 207 - Vila Clementino - 04021-070 - São Paulo
(11) 3512-6111  (11) 3512-6111  contato@cinemateca.org.br

Nenhum comentário: