Quem Sou Eu???

Quem Sou Eu???
Uma Eterna Aprendiz...

Total de visualizações de página

Volta ao mundo... Estamos aqui!!!

Recent Visitors

Seguidores

Postagens populares

23 de janeiro de 2010

Luama

“Introdução para um samba novo” por Luama
A cantora, compositora e instrumentista Luama faz show no SESC amanhã às 16 h.
Photobucket
Foto: Walter Antunes


Ritmos com quebras e balanços inusitados, melodias e letras intensas caracterizam a sonoridade do show “Introdução para um samba novo”, que a cantora, compositora e violonista Luama apresenta no SESC amanhã às 16h. O show marca o lançamento na cidade de Araraquara do disco “Introdução para um samba novo”. O repertório traz à tona um conjunto de sambas compostos por Luama, falando de temas universais, como liberdade, beleza e amor. Sua gênese do samba passa por uma forte marca autoral que inclui referências a melodias roqueiras, harmonias jazzísticas, violão bossa-nova, com pés em valsas, souls e boleros.A sonoridade é pós-moderna e radical ao mesmo tempo. Sua força transparece na síntese performática de Luama, com sua voz marcante, interpretações personalíssimas e violão exato. A banda é formada por músicos de diversas origens, fato que contribui para a originalidade da gênese musical apresentada no palco. Entre os músicos: Rodney Nascimento (bateria), Ronaldo Gama (baixo, naipe de metais com Pipeta - trompete), Asnésio Bosnic (saxofone) e Ruben Marley (trombone) e Delphim Porto (piano). Cantora, compositora e violonista, Luama cria letras e melodias que conduzem o ouvinte através de perspectivas originais na esfera das sonoridades contemporâneas. Inaugurou seu trabalho autoral com o CD “Luama”, lançado em 1999. Neste CD, a instrumental “Peixes” e uma versão instrumental de “Composição”, viraram trilha sonora do premiadíssimo filme de animação “Chifre de Camaleão”, do carioca Marcelo Marão. Em 2005 a parceria com o cinema de animação continua com a trilha sonora de “O Arroz nunca Acaba”, e em 2009, com a trilha de “Quero ser um monstro”, também de Marão. Em 2001 a cantora, compositora e instrumentista faz o show “A hora do meio-dia”, que se transforma em disco ao vivo, gravado no teatro dos Satyros. O disco “Luama - A hora do Meio-dia” sai em 2003, com formato minimalista e radicalmente cru, sem retoques de estúdio, onze canções e uma faixa instrumental. Nestes anos Luama também faz inúmeras apresentações em teatros, unidades dos SESCs e no Festival Internacional de Teatro de São José do Rio Preto. Em 2003, 2004 e 2005, além de realizar seu trabalho autoral, passa a colaborar na banda de Loop B e participa de várias apresentações com este artista e com outros nomes importantes da música brasileira, como Mestre Salu, Lívio Tragtemberg e Dante Ozzetti. É também em 2004 que Luama começa a trabalhar no projeto composicional “Os 30 Sambas do Japão”, do qual surgem várias músicas que ela toca no show “Cósmico Samba”. Em 2008 estréia o show “Cósmico Samba” na Virada Cultural Paulista, resultado de intensa pesquisa sobre variações rítmicas e poesia mítica. Um show inteligente e dançante. Luama desafia os estereótipos associados ao samba e o insere, sem falsa-grandeza, numa proposta universal, cósmica. Algumas das músicas estão registradas no CD “Introdução para um samba novo”, lançado em 2009. Informações: (16): 3301.7500.



Note e Anote
Cachorro Morto hoje no SESC


O espetáculo Cachorro Morto que será apresentado no SESC hoje dia 23 de janeiro às 20 h conta a história de Bruno, um garoto portador da Síndrome de Asperger, craque em matemática e que sabe de cor todos os países do mundo e suas capitais. Ele nunca vai muito além de seu próprio universo, pois é capaz de resolver complicadas equações, mas não possui habilidade para lidar com emoções e pessoas. Um dia o garoto encontra um cão morto no jardim e a partir daí vai ter que começar a interagir com outras pessoas. O roteiro foi inspirado em três livros: o inglês e premiado The Curious Incident of the Dog in the Night-time, de Mark Haddon; A Música dos Números Primos, de Marcus du Sautoy; e Nascido Num Dia Azul, do autor Daniel Tammet. A direção e dramaturgia do espetáculo são de Leonardo Moreira, no elenco atores da Companhia Hiato Aline Filócomo, Luciana Paes, Maria Amélia Farah, Thiago Amaral e Joaquim Lino. Animações Digitais de Gustavo Borrmann, concepção de cenário de Leonardo Moreira, iluminação é de Marisa Bentivegna, música original de Gustavo Borrmann, figurinos de Willy, técnica: Fernanda Bernardes e produção da Companhia Hiato.
Acontecendo...
Photobucket
Tudo indica que os integrantes da banda norte-americana Aerosmith estão em busca de um novo cantor. Steven Tyler continua internado em uma clínica de reabilitação, onde passa por um tratamento contra o vício em analgésicos, a banda diz que quer continuar a tocar, conforme declarou o guitarrista Joe Perry. Segundo o músico, o Aerosmith pretende voltar à estrada até o meio do ano já com um novo cantor. No entanto, ele declarou que a substituição será temporária.
Carnaval 2010

A Secretaria Municipal da Cultura irá selecionar atores para integrarem o grupo performático do “Carnaval Para Todos 2010”. Os artistas devem enviar seus currículos artísticos em arquivo anexo, de extensão “doc” (Word), colocando no campo assunto o título “Currículo – Carnaval 2010”, para o email:seccultura@araraquara.sp.gov.br.
Os interessados devem enviar o currículo até às 18 horas do dia 26 de janeiro. Os selecionados devem ter disponibilidade para prestação de serviços no período de 12 a 16 de fevereiro, nos eventos oficiais, acompanhando a Comitiva do Carnaval 2010.

Oscar Francês
O poderoso drama criminal “Un Prophète”, de Jacques Audiard, um dos filmes mais comentados do festival de cinema de Cannes no ano passado, liderou as indicações para o prêmio Cesar, a versão francesa do Oscar. O thriller sombrio, que ganhou o "Grand Prix" em Cannes, foi indicado para 13 categorias para a cerimônia que acontece em 27 de fevereiro, incluindo Melhor Filme, Direção e Ator para o novato Tahar Rahim.

Nenhum comentário: