Quem Sou Eu???

Quem Sou Eu???
Uma Eterna Aprendiz...

Total de visualizações de página

Volta ao mundo... Estamos aqui!!!

Recent Visitors

Seguidores

Arquivo do blog

Postagens populares

5 de novembro de 2008

Pequenos textos...


"Com o coração sempre falando por mim procurei colocar pequenos textos para que o meu leitor refletisse e também soubesse da minha emoção em vivenciar certas experiências que foram muitas.Agradeço a oportunidade de ter conhecido pessoas especiais e inesquecíveis... que deixaram um pouco delas e levaram um pouquinho de mim... Agora aqui não economizarei palavras e nem tão pouco a minha emoção."

Superação... determinação... fé
Aceitar os desafios e enfrentá-los é uma tarefa árdua e exige resignação de todo ser humano. Penso que pessoas especiais que temos a oportunidade de conhecer nos mostram como enfrentar com dignidade tais desafios. O dançarino cadeirante Hélio Feitosa do espetáculo “Desmundos” e Herbert Vianna são exemplos recentes que estiveram em nossa cidade nos provando que o amor pela vida e pela arte unida opera verdadeiros milagres. Hélio e Herbert, duas histórias de vida, dois homens com coração de menino e alma de um gigante.

Homenagem...
Ele traz no rosto as marcas dos anos vividos...
Mas o seu olhar é terno e doce graças às experiências de quem sabe o real valor da vida, das pessoas, dos momentos e do amor...
Sua alma e coração nasceram para o mundo das artes e o seu exemplo de homem, marido, pai, avô, motiva familiares, amigos e admiradores. Muito obrigada queridíssimo Sidney Rodrigues por colorir as nossas vidas com as mais diversas matizes que brotam do pincel e iluminam o nosso coração.


Inteligência, doçura, e encanto!
A sala Jean-Paul Sartre na noite de quarta estava com seus assentos todos ocupados. A conferência que homenageou o centenário de nascimento da escritora, filósofa existencialista e feminista francesa Simone de Beauvoir e companheira de Jean-Paul Sartre foi proferida pela Profª Drª Heleieth Saffioti. O tema da conferência foi “O Exercício da Sexualidade” segundo Simone de Beauvoir e é claro que a nossa querida Heleieth o fez com maestria. Mas sua figura delicada, meiga e elegante encantou a todos os presentes. É desnecessário elogiar sua inteligência, pois ela está evidente na sua fala e experiência profissional adquirida com muito estudo e dedicação. Mas falo da mulher doce, culta e meiga que iluminou os nossos olhos com sua sabedoria e serenidade, da mulher forte que nos enche de orgulho e com certeza ela brilha, pois é uma verdadeira “Estrela”.

Nenhum comentário: