Quem Sou Eu???

Quem Sou Eu???
Uma Eterna Aprendiz...

Total de visualizações de página

Volta ao mundo... Estamos aqui!!!

Recent Visitors

Seguidores

Postagens populares

27 de dezembro de 2010

Cine SESC

"Speed Racer” inicia sessões de cinema especiais de verão no SESC
Para acompanhar o pique da estação mais quente do ano, o SESC Araraquara preparou uma programação de cinema especial para o mês de janeiro, que girará em torno de uma temática que sugere movimento e muita ação: “Cinematize-se” apresenta películas de aventura, cujas histórias apresentam jogos e esportes diversos, para contagiar os espectadores da unidade.

Dando início a programação, exibimos a adaptação de um dos mais famosos animes da década de 90, “Speed Racer”, criado por Tatsuo Yoshida. A película homônima, lançada em 2008, é dirigida por dois dos profissionais de cinema mais conceituados da atualidade: Andy e Larry Lachowski, os irmãos responsáveis pelo clássico contemporâneo Matrix.

A dupla primou por reproduzir de forma fiel a obra que a originou, utilizando a maior quantidade de elementos de sua trama possíveis. Para incrementar a narrativa e compor o visual, optaram por modernas e deslumbrantes técnicas digitais, que enchem os olhos e reforçam a adrenalina.

“Speed Racer” conta a história de um piloto, Speed, que nasceu numa família ligada ao universo das corridas. O rapaz procura tornar-se o melhor de sua categoria, para honrar a morte de seu irmão – que também competia – num acidente misterioso que aconteceu há muito tempo. Com o auxílio de seus parentes e do instigante Corredor X, o rapaz prosseguirá em sua missão e descobrirá informações sobre a farsa de compra de resultados de corrida – que também irá confrontar para provar seu verdadeiro valor.
Trazendo no elenco Emile Hirsch, Susan Sarandon, Christina Ricci e Matthew Fox, “Speed Racer” será exibido em 2/1, às 14h. Grátis, com retirada de ingresso individual uma hora antes da sessão.

Note e Anote

“Homem-Aranha” reforça segurança e retorna à Broadway
Apresentação aconteceu na última quinta após suspensão de duas sessões


O musical “Spider-Man” (Homem-Aranha) voltou a ser encenado na Broadway com novas medidas de segurança. Os organizadores promoveram apresentação gratuita na noite de quinta-feira dia 23 de dezembro, restabelecendo a confiança na habilidade da produção de garantir a saúde do elenco, mas não, talvez, o futuro financeiro da peça.
A produção, orçada em US$ 65 milhões e com músicas de Bono, do U2, teve duas apresentações suspensas por causa de questões de segurança, depois que na última segunda dia 20 de dezembro um ator caiu de uma altura de quase nove metros. Ele fraturou costelas e teve de passar por uma cirurgia.
“Spider-Man: turn off the dark” voltou a ser encenada sem acidentes, embora um dos "homens-aranha" voando sobre a plateia tenha precisado de ajuda para retomar seu percurso.
Ferimentos no elenco e grandes atrasos antes do início da fase de pré-estreia, em 28 de novembro, fizeram com que as atenções se concentrassem no musical, a mais cara produção da história da Broadway, o que fez surgirem especulações de que a peça, dirigida por Julie Taymor, possa se tornar um fiasco épico.
Duas sessões marcadas para quarta dia 22 de dezembro foram canceladas enquanto autoridades federais e estaduais reavaliavam o sistema de cabos e cintos usados por atores e dublês. Segundo o New York Times, houve perda de cerca de US$ 400 mil em venda de ingressos.

Novo filme de Russell Crowe estreia nos cinemas


Filme de ação dirigido por Paul Haggis, 72 Horas é a principal estreia do circuito cinematográfico neste fim de semana.
Depois dos dramáticos e premiados Crash - No Limite (2004) e No Vale das Sombras (2007), o diretor Paul Haggis experimenta o gênero filme de ação e suspense com 72 Horas, longa-metragem estrelado por Russell Crowe. Logo nas primeiras cenas de 72 Horas, uma família de classe média participa de um ritual carinhoso e comum: pai, mãe e filho posam para uma foto juntos na mesa de café da manhã, todos se preparando para seus compromissos - escola e trabalho.
Rapidamente a cena será violentamente modificada, dando partida à ação e ao drama dos personagens. Nas 72 Horas do título, o pai (Russell Crowe) tentará tirar da prisão a mulher (Elizabeth Banks), reunindo a família numa fuga para fora do país.

Nenhum comentário: